27 de janeiro de 2018

Ian MacKaye e a sua admiração por John Frusciante


O padrinho do movimento "straight-edge" e frontman de bandas como Minor Threat, Fugazi e Evens, Ian MacKaye falou à Ultimate Guitar sobre sua admiração por John Frusciante como músico. Durante a entrevista, publicada em 29 de maio de 2012, ele descreve Frusciante como um gênio com idéias realmente intensas. 


Há alguma banda ou guitarrista de hoje que você aprecia? 
"Sim! Existem algumas bandas muito interessantes. Eu tenho um grande apreço por bons músicos, como acho John Frusciante incrível, o jeito que ele toca."

Você sabe o que ele está fazendo depois que saiu do Red Hot Chili Peppers?
"Sim, ele está trabalhando em cima de novas idéias. Ele tem todos os tipos de idéias. Ele tem essas idéias realmente específicas sobre música e ele está seguindo essas idéias, e isso é foda e incrível. Ele está tocando guitarra, mas ele está usando um monte de coisas de computador, e é muito interessante. Ele é um amigo meu, por isso é difícil para mim saber o que as outras pessoas pensam dele em termos de sua música. Acho que ele é um gênio e suas idéias são muito intensas. O que ele está fazendo é muito difícil de descrever. E a coisa toda disso é que, para John, não faz diferença se ninguém ouve. E isso é apenas a verdade. Ele está fazendo isso para si mesmo, e isso é a marca de quem é um..."

É a marca de um artista verdadeiro ou músico verdadeiro.
"Sim, como todos os artistas são tradutores. Os artistas visuais olham qualquer coisa, e tentam traduzir para outras pessoas. E os músicos escutam algo, e eles tentam traduzir. Eles estão tentando encontrar o que eles podem ouvir e eles estão tentando recriá-lo. Eu acho que há diferentes níveis. Mas eu acho que Frusciante está levando isso a um nível realmente puro. Porque ele está tentando buscar algo que só ele sabe o que é."

É muito intenso falar sobre isso. Há todo esse debate de fãs de Frusciante - há um debate intenso se fãs irão realmente ouvir o que John anda fazendo agora, já que é tudo sobre como criar esse som neste momento.
"Eu acho que ele está buscando algo que ainda não foi feito, assim, portanto, não pode ser descrito. Então, isso é apenas a maneira que é. E você sabe, quase uma vez por ano eu vou vê-lo e ouvir o que ele está trabalhando e seria como "Uau, isso é realmente único." Mas eu guardo comigo, porque há músicos que conheço e, ocasionalmente, eu tive a oportunidade de tocar com eles, e quando você toca com alguém que está em um certo nível, que sua relação com o seu instrumento é tão intenso, que quando você toca com eles quando estão dentro de seu instrumento, ele acaba elevando o seu. E eu posso definitivamente dizer que é o caso, apenas tocando e deixando fluir, tocando com John. Com apenas um par de violões ou algo assim, você percebe o que ele é realmente. Ele sabe de toda essa merda."


See in english: www.ultimate-guitar.com/interviews/interviews/ian_mackaye_it_took_me_some_time_to_figure_out_how_punk_was_music.html

Fonte: Ultimate-Guitar.com - 29 de maio de 2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário