31 de julho de 2020

The Getaway: o álbum que reaproximou Frusciante do Red Hot Chili Peppers





No inicio de 2016, o Red Hot Chili Peppers preparava para lançar o álbum The Getaway. Flea, aproveitando a folga antes da turnê, foi ao encontro de John Frusciante e eles passaram um tempo juntos. Na época, os outros dois membros da formação clássica da banda estavam longe de manter contato sólido com Frusciante: Anthony Kiedis em algumas declarações parece ter deixado claro que o contato entre eles haviam acabado desde a saída do guitarrista da banda e Chad Smith admitia que raramente trocava algumas mensagens ou e-mails com ele.

Entretanto, parece que nesse encontro Frusciante demonstrou a Flea o interesse de ouvir o novo trabalho do Red Hot Chili Peppers, o segundo álbum com Josh Klinghoffer. Em toda história exposta da banda, isso é algo inédito, já que Frusciante não ouviu integralmente One Hot Minute (álbum feito com o guitarrista Dave Navarro após a primeira saída de Frusciante) e ao menos disse qualquer coisa sobre o álbum I'm With You (primeiro álbum com Josh Klinghoffer e feito após a segunda saída de Frusciante). Anthony Kiedis ficou contente quando a esse fato e chegou a mencioná-lo em entrevista, dizendo ainda que estava feliz por saber que não existia qualquer tipo de rancor no ar.

Pois bem, o The Getaway foi lançado e, com toda certeza, uma cópia foi enviada a Frusciante e nos próximos anos, o músico provocou a sua volta ao Red Hot Chili Peppers. O segundo retorno aconteceu sendo improvável até para a própria banda que trabalhava em um novo álbum com Klinghoffer. O trabalho de composição desse álbum começou no último trimestre de 2018 e percorreu todo 2019, a banda já estava com 24 músicas completas e mais de 10 inacabadas antes do fatídico 15 de dezembro de 2019. Pois bem, com isso, todas essas gravações foram desprezadas, existindo apenas no iPod de Klinghoffer, porém, não quer dizer que as ideias criadas unicamente por Flea não possam ser recuperadas no álbum que está sendo composto com Frusciante.

A tempo, vale publicar, que apesar de não ter qualquer citação de John Frusciante sobre I'm With You, no final de 2011, a cantora Truth Hurts estava na casa dele para gravar alguns vocais, durante esse período ela postava fotos e respondia alguns tweets sobre o músico, em um deles foi perguntado se ele já tinha ouvido o álbum recém-lançado pela banda, ela respondeu apenas "John Frusciante não se nega ouvir um bom álbum".

Continua...




Texto: Raphael Romanelli


4 comentários:

  1. kkkkkk quero esse ipod do josh ae kkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não seria de todo o mal, caso essas músicas vazassem

      Excluir
  2. Será que vai rolar essas músicas live?

    ResponderExcluir
  3. Belo texto.Só acho que tem una palavra bem errada ali que é "fatídico " visto que a banda e os fãs ficaram hiper mega felizes, foi uma histeria. Dia sensacional. Esse álbum vai ser foda demais, volta da criatividade na guita.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...