5 de agosto de 2016

John Frusciate e o Homem de Preto do Rock

John Frusciante teve a oportunidade de colaborar com Johnny Cash na gravação da música "Personal Jesus" cover do Depeche Mode no inicio de 2002. Cash estava com dificuldades de tocar a música no violão e por intermédio de Rick Rubin contactou John Frusciante para gravar uma faixa para servir de base para Cash encontrar uma maneira acústica de tocá-la .

"Eu gravei a faixa na quantidade de tempo que leva para reproduzir a música e enviei para Rick Rubin."
-John Frusciante - Papermag - Março de 2004.

Cash gostou tanto da faixa base de John Frusciante que acabou gravando seu vocal em cima dela e a usando definitivamente na gravação. Junto a "Personal Jesus", Frusciante acabou colaborando nos backings vocals do cover de Vera Lynn, "We'll Meet Again", e as duas músicas foram usadas no álbum American IV: The Man Comes Around lançado em 5 de novembro de 2002.

Apesar de John Frusciante ter colaborado com Johnny Cash os dois nunca se encontraram e Cash veio a falecer em 12 de setembro de 2003. Além de "Personal Jesus" e "We'll Meet Again", John Frusciante - junto a Flea e Chad Smith - colaborou com Johnny Cash na versão de "Heart Of Gold" cover de Neil Young, música essa que seria usada no álbum American IV: The Man Comes Around mas por alguma maneira foi excluída - porém após a morte de Cash ela foi incluída no álbum póstumo Unearthed - que foi produzido por Rick Rubin e lançado em 25 de novembro de 2003.

John Frusciante tocando "Ghost Riders In The Sky" que foi gravada por Johnny Cash em 1979.

Nenhum comentário:

Postar um comentário