25 de julho de 2017

Elektron conversa com John Frusciante - Junho de 2008


O Red Hot Chili Peppers é uma das bandas mais populares atualmente ao redor do mundo. E John Frusciante não e só um extraordinário guitarrista nos Peppers, mas também um insaciável utilizador de instrumentos eletrônicos. Sua compreensão de como assumir a tecnologia pode ser ouvida em suas diversas gravações solo, onde o guitarrista e seus sintetizadores são unidos à um conjunto atraente.

Soube que estava de férias recentemente, para onde você foi?
"Estive numa rave de três dias numa praia da Inglaterra. Alguns dos meus artistas favoritos estavam tocando e eu estava muito feliz. Foi uma grande viagem!"

Além de fazer música, você também usou a pintura para se expressar artisticamente. Você usa a pintura para influenciar suas composições?
"O período que eu usei a pintura realmente realçou meu cérebro, e me fez apreciar o meu talento na música. Eu ficava vendo pinturas em minha mente que eu não tinha ideia de como pintá-las. Quer dizer, eu só sei como a música é escrita num papel. Compreendo as relações intervalares e assim por diante. O equivalente em artes visuais, como perspectiva, eu não tinha estudo. Esse fundamento técnico me ajudou a combinar estilos diferentes, conseguir fazer com que minha imaginação dissesse mais claramente o que poderia fazer com a pintura."

Como é seu estúdio?
"Tenho dois equipamentos de estúdio principais. Um deles tem dois gravadores de 24 faixas e uma API board, iguais aos do The Record Plant Studios, em NY dos anos setenta. Na sala tenho um gravador de 8 faixas e um Neve console. Tenho um equipamento externo muito legal, parecido com os primeiros reverbs digitais. O estúdio é o meu lugar favorito de estar no mundo."

Você também é guitarrista dos Red Hot Chili Peppers. Qual é a sua parte na banda?
"A maioria se dá a eu chegar com as partes de guitarra prontas. Quando faço um disco com o Red Hot Chili Peppers, faço daquilo minha prioridade. Eu geralmente escrevo uma música comigo cantando e em seguida, percebo que é uma boa música para o Red Hot Chili Peppers. Mostro para Anthony Kiedis, ele usa o que gosta e acrescenta letra para a melodia da canção. É uma banda democrática, você faz sua parte e todos os outros fazem as deles."

Qual é a diferença, ou semelhança, entre trabalhar com sintetizadores e guitarra?
"Ser capaz de alterar um som nota por nota é realmente uma possibilidade emocionante para mim. Na guitarra essas pequenas mudanças são feitas por você estar colocando pressão sobre as cordas e o quão forte você está tocando. Com a Monomachine e a Machinedrum você pode ter um som bem diferente por nota, ainda seguindo um pensamento coerente. As funções dessas máquinas têm uma simetria surpreendente com o pensamento criativo."

Elektron Machinedrum

Elektron Monomachine

Existem outros aspectos da Monomachine ou Machinedrum que instigaram o seu interesse?
"O equipamento Elektron me ajudou a perceber coisas novas sobre as relações dos parâmetros. Eu acho que ele é bom para ensinar a sua mente a visualizar algo e mantê-lo lá. Como ouvir um som em sua mente e mantê-lo lá enquanto você torce botões tentando encontrá-lo. Com a Elektron é muito bom ver as ideias se cristalizando e depois existindo. Os parâmetros ficam muito próximos, e organização gera pensamento organizado. Muitas coisas costumavam ser bem desorganizadas que eu costumava sempre ficar olhando para este ou aquele módulo. Quer dizer, você não será capaz de ver a lógica e as possibilidades de um jogo de xadrez se as peças estiverem espalhadas por toda a sala. A razão pela qual você entende claramente é porque elas estão todas em uma pequena mesa, bem na sua frente. Conseguir ver a multiplicidade de opções tão próximas me ajudou a ver a síntese de forma mais clara e perceber a interação dos vários parâmetros ao mesmo tempo."

Onde você guarda o seu equipamento Elektron? Ele têm um lugar permanente no seu estúdio?
"Ele vai mudando. Ele pode ficar no chão, na sala ou no meu quarto. Eu levei a Monomachine nas minhas férias. É uma coisa espetacular você poder deitar na cama e fazer música por quinze horas seguidas."


Tradução: Felipe Marcarini
Fonte: Elektron - Junho de 2008

Nenhum comentário:

Postar um comentário