2 de agosto de 2017

Fãs relatam o encontro com John Frusciante no Johnny Ramone Tribute


A aparição de John Frusciante no Johnny Ramone Tribute, que aconteceu dia 30 de julho de 2017, trouxe aos fãs lá presentes a oportunidade de conhecer o músico e até conseguir fotos e autógrafos. 

Patricia Pedrotti, a fã brasileira que teve um autógrafo no The Will To Death, relatou para a JFeffects o seu encontro com Frusciante:

The Will To Death autógrafado por John Frusciante para
Patricia Pedrotti.
"Eu vi o post da Linda Ramone no seu Instagram e como eu sabia que estaria em LA no dia 30 eu comprei os ingressos. Sou brasileira mas vim pra LA estudar na UCLA durante as férias. Eu comprei os ingressos e fui com mais umas amigas que não são fãs do John.

Quando chegou o dia, separei meu vinil e uma sharpie para levar. Na verdade, eu levei até mais coisa, um caderno e dois outros vinils. Eu não sabia se conseguiria ao menos ver ele, mesmo assim tinha tudo na minha mochila.

Quando chegamos fui junto de uma amiga para onde os convidados da Linda estavam mas como não o havia visto, fui visitar o túmulo do Johnny.

Quando voltei foi quando eu finalmente o vi. Meu coração disparou.

Mesmo ele estando no meu campo de visão estava longe e cercado de pessoas, então eu fiquei ao lado da cerca que separava os convidados de todo o resto. Após cerca de cinco minutos o evento estava pra começar e minha amiga estava me dizendo que era melhor irmos sentar.

Depois dela ter dito isso o John passou bem na minha frente e sentou em uma das cadeiras para convidados, já que o evento estava começando. Eu abri minha mochila e tirei de dentro meu The Will To Death e minha sharpie e disse não muito alto "John...?". Sua namorada viu e apontou para mim. Ele imediatamente levantou e foi em minha direção. A partir daí é o que se pode ver no vídeo.



Minha amiga estava gravando mas eu não percebi, após do encontro ela me mostrou.

Da para ouvir alguém pedindo uma foto no final e ele dizendo que preferiria não tirar. As pessoas podem achar que seja por que ele não queria mas acredito que o motivo principal seja por que o evento estava literalmente começando. Pelo menos foi isso que pensei no momento.

Enquanto estava acontecendo eu me senti paralisada mas com o maior e mais idiota sorriso no rosto. Eu ainda sinto ondas de adrenalina quando vejo o vídeo, é como reviver o momento.

Eu estou tão feliz que parece que vou explodir a qualquer momento, é um sentimento difícil de descrever. Eu nunca achei que sequer veria ele. Eu sou só uma menina de 17 anos que se interessa por RHCP e descobriu a beleza de John Frusciante, acho que os dias em que as pessoas conseguiam "conhecê-lo" passaram mas depois de ontem talvez tenha que pensar melhor sobre isso.

Uma coisa que sei que tive foi sorte, com certeza. Se o John não houvesse sentado na frente de onde eu estava ele talvez não houvesse me visto."


John Frusciante e David Givens.
O americano David Givens, outro fã sortudo, também relatou o seu encontro com John Frusciante por um grupo no Facebook - e além de conseguir uma foto e cinco autógrafos, conversou com Vicent Gallo.

"Ele estava bem apressado. Eu fui até ele algumas vezes e jogamos conversa fora. Quando eu agradeci por ter assinado minhas coisas pela última vez, ele sorriu e disse 'Tenha uma boa noite'. Eu estava sentado uma fileira à frente dele durante a exibição do filme. Eu estava tão distraído!"

Quando perguntam se Frusciante tava irritado com as fotos:

CD's e LP's autografados por John Frusciante - detalhe o The
Brown Bunny também assinado por Vicent Gallo na ocasião.
"Ele não se importou. Eu descobri depois que ele estava procurando a namorada."

Sobre Vincent Gallo:

"Ele foi super gentil. Me contou a história do lançamento do Brown Bunny quando assinou-o. Só haviam algumas poucas pessoas lá no momento.

Ele disse que iria DIZER ao John que ele TINHA que autografar quando ele chegasse.

Ele não queria posar pra nenhuma foto, o que é compreensível."



Agradecimento: Patricia Pedrotti, David Givens e Ygor Almeida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário