9 de novembro de 2017

Frusciante Collection 6: Letur-Lefr EP


Letur-Lefr EP foi lançado em 2012 (apesar de ter sido gravado em 2010), sendo o primeiro álbum feito por John Frusciante pós The Empyrean. O disco foi lançado pelo selo Record Collection, tendo diferentes datas de lançamento pelo mundo. No Japão, Letur-Lefr chegou às lojas no dia 04 de julho de 2012, enquanto que na Europa e no restante do mundo nos dias 16 e 17 daquele mesmo mês, respectivamente.

Para muitos fãs, o nome do EP teria sido dado em decorrência da junção dos sobrenomes de John Frusciante e Nicole Turley, companheira do artista à época. Todavia, John explicou o título como sendo “a transição de dois se tornando um, nomeadamente simbolizada pela primeira música do álbum (In Your Eyes) sendo sequela da última do álbum (In My Light)”.

Quanto à sua ficha técnica, todas as músicas foram escritas, tocadas e produzidas por John Frusciante. Todavia, mencionam-se as participações de Leggezin Fin, Masia One, Kinetic 9, RZA. Quanto às artes do álbum, as mesmas foram realizadas pelo próprio John Frusciante e Julian Chavez.

Partindo ao que interessa, o álbum foi disponibilizado também em um kit contendo um LP, CD, Cassete, Camisa e a versão digitalizada do álbum para download. Para aqueles que compraram na pré-venda, receberam antecipadamente de brinde a terceira faixa do álbum, Glowe.

Com relação ao LP, apesar de se tratar de um EP, o mesmo foi disponibilizado em um vinil de 12 polegadas de 180 gramas, devendo ser tocado em 33 ⅓ RPM. No lado A, têm-se as músicas In Your Eyes, 909 Day e Glowe, enquanto que o lado B reproduz as faixas FM e In My Light.

Além disso, vale mencionar que a versão em LP acompanha um pôster contendo as letras e artes do álbum, conforme se vê a seguir:














Já o CD, vê-se que o mesmo foi lançado em jewel case (acrílico) e não no formato digipack. Percebe-se ainda que sua tonalidade de cores é um pouco mais escura que o LP. Conforme foi mencionado anteriormente, apesar de ter sido lançado previamente no Japão, essa versão não trouxe nenhuma faixa bônus. A seguir, trago-lhes a versão americana:










Quanto à fita cassete, a mesma reproduz todas as faixas em ambos os lados. Fora isso, não se vê nenhuma outra arte no encarte, sendo a sua contracapa totalmente branca, assim como praticamente toda a fita em si, exceto pelo nome do artista e do álbum, que estão na cor preta:







No caso da camiseta, utilizou-se um tecido azul marinho, contendo na frente apenas o nome do álbum, sendo totalmente lisa nas costas:





No mais é isso, pessoal. Aguardo vocês no próximo Frusciante Collection. Deixo vocês com a imagem do kit completo. Até a próxima!



Curtiu essa publicação? Deixe o seu comentário!

Nenhum comentário:

Postar um comentário