15 de maio de 2019

Frusciante e sua opinião sobre Nine Inch Nails - Meados de 2003


"Nine Inch Nails, quando eles surgiram eu não era um fã deles, mas alguns meses antes de entrar nos Chili Peppers eu comecei a ouvir, antes dessa ultima vez que voltei, e eu comecei a notar como Downward Spiral era brilhante e o EP Broken. Eu estava me envolvendo com música industrial que eu penso que igualmente vale a pena que as pessoas escutem, as coisas anteriores de Ministry, e Skinny Poppy e coisas como essas são igualmente válidas. Para mim Nine Inch Nails é a versão comercial daquela música, que é um pouco mais sonoro que Skinny Poppy ou Ministry. Eu acho que Trent Reznor é um grande artista, e provavelmente uma pessoa muito infeliz e eu acho que ele faz bom uso de sua infelicidade, e sua música é boa de se relacionar quando está sentindo-se para baixo. Tem uma música deles, qual o nome daquela música, trilha de Natural Born Killers, eu não consigo me lembrar o nome  [provavelmente se referindo à "Burn"] mas realmente é uma musica bem peculiar, uma música que soa muito pesada para mim; é um sentimento que tenho com alguns grupos, Nirvana é outro por exemplo que me traz esse sentimento, mas Nine Inch Nails definitivamente tem daqueles momentos que você pensa que nada pode ser mais pesado."
John Frusciante fala sobre suas bandas favoritas - Meados de 2003

Tradução: Eloá Otrenti - Frusciante Brazil

Nenhum comentário:

Postar um comentário