28 de fevereiro de 2020

Chad Smith fala sobre o retorno e o relacionamento de Frusciante com os Chili Peppers


Chad Smith concedeu uma entrevista ao Daytime do Channel 8, da Flórida, para falar sobre sua em sua exposição de arte que passou pelo estado no começo de fevereiro - tanto é que no último dia 08 o baterista não se apresentou com o Red Hot Chili Peppers no retorno de John Frusciante pois estava no evento. Além de falar sobre a mostra, Smith foi perguntado sobre a volta de Frusciante a banda e o relacionamento do guitarrista com a fama.



É legal improvisar, e assim como nos Chili Peppers, eu já os vi várias vezes, você gosta de improvisar.

Sim! Aquilo é uma jam (apontando para o quadro pintado por ele).

Sim, aquilo é uma jam de Chad Smith em duas dimensões.

Exato!




O que é legal em vocês, na linguagem que vocês tem, na linguagem em que você e Flea tem, quando eu penso sobre John Frusciante voltando, é uma outra pessoa que viu essa linguagem, então vocês podem improvisar juntos.

Nós falamos musicalmente por telepatia.

Toda vez que ele volta, vocês têm isso, de voltar à vida novamente?

Você sabe, ele voltou à nossa banda, nós estávamos tocando por algumas semanas, e sim, nós temos algo especial, é legal.



Alguma coisa mudou dessa vez? Pois normalmente quando você sai da banda por conta da grande publicidade, pelo fato de não gostar de estar em longas turnês. O que está diferente agora?

Ele está mais ciente disso, eu acho, ele quer estar em uma banda de novo. Ele fez as coisas que ele queria fazer. Ele é aquela pessoa que quando coloca na cabeça que quer fazer alguma coisa, numa forma muito específica, [faz] e então, ele estava "quero tocar guitarra, estar numa banda e essa é a única banda que eu quero estar - essa é a banda que eu amo e eu devo estar nessa banda", e então nós tivemos algumas longas conversas sobre as coisas e sim - ele está num bom lugar -, e então nós pensamos: "é... vamos fazer isso".




O entrevistador também fez um jogo de perguntas rápidas com Smith e relembrou o cover "How Deep is Your Love" do Bee Gees feito por Frusciante em La Cigale, na França, em 20 de abril de 2006.
Qual a sua música favorita que você e Frusciante fizeram um cover no palco? How Deep is Your Love? Tiny Dancer?

Nós fizemos “Fox On The Run” da banda “Sweet”.




Uma das minhas favoritas que vocês fazem é “How Deep is Your Love” e Frusciante erra um pouco, você vem com a bateria e então o tom, e ele se bagunça, daí…

Ou a linha de baixo (rindo).

Sim (rindo também).

Ou Flea não estava na linha de baixo correta, porque tem uma questão de tempo (da música).

É possível que Flea tenha errado a linha de baixo?

Sim! 





Assista a entrevista completa:





Tradução: João Victor Sangali e Bruno Portugal
Fonte: News Channel 8 - 27 de fevereiro de 2020


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...