5 de janeiro de 2018

Carta de John Frusciante para o público que vaiou Mickey Avalon


Carta escrita por John Frusciante e postada pelo gerente de turnê dos Red Hot Chili Peppers, Gayle Fin, para dar esclarecimentos sobre o que ocorreu no show da banda em Oklahoma no dia 12 de março de 2007, onde Mickey Avalon foi vaiado e atingido por objetos quando fazia a apresentação de abertura.




De: John
Para: Gayle Fine
Data: 13 de Março de 2007, 5:43 PM

"Para o público de Oklahoma,

Eu sinto um amor por todos que suportam a minha banda e a nossa música. Eu toco minha música para espalhar a luz ao redor do mundo e para aqueles que estão abertos a luz que se espalha, tanto quanto uma parte da nossa música como nós somos.

Para os poucos de vocês que vaiaram o meu amigo Mickey Avalon, devo dizer que concordo com o Flea que também estava vaiando a minha banda e vocês mesmos. Porque ao vaiar um outro homem, em primeiro lugar, você não mostra respeito pela humanidade. E você mostra que você não tem noção da quantidade de coragem que leva para abrir (um show) na frente de qualquer um, muito menos 10.000 pessoas. Porque qualquer um que saiba como é abrir até mesmo para uma pessoa, nunca tentaria abusar de uma pessoa que estava fazendo isso na frente de uma multidão. Acontece que eu sinto que Mickey é um grande rapper, um grande intérprete, e um astro nato. Apesar de todos os meus amigos concordarem comigo sobre isso, é obviamente uma questão de opinião, como acontece com qualquer artista, e eu certamente não espero que cada membro da platéia da minha banda concorde comigo, especialmente com a exposição limitada, como a dele.

Mas imagine se você tivesse 10 anos e que tivesse passado um ano montando uma apresentação em grupo, e cobrado 50 centavos e você e seus amigos realmente arrumam o local e trabalham duro para torná-lo divertido para vir, e você conhecia uma criança de cinco anos dançarina e que ela era ótima, e pediu-lhe para dançar antes do jogo. Se algumas pessoas viessem e vaiassem ela, você gostaria de fazer sua performance para eles? Será que esse tipo de abuso seria o que você tinha em mente quando você estava trabalhando duro para criar um ambiente onde as pessoas pudessem se divertir, festejar e ser entretidas? Qualquer um que tenha a coragem de subir ao palco e assumir-se merece ser respeitado por ter coragem. Assistindo, qualquer pessoa é livre para sair ou ir para o lobby. Mas por ficar, mesmo que você não goste, e preferindo vaiar, em vez de sair, você está mostrando que você derivar o prazer de tentar prejudicar os outros, e que é sempre o resultado de insatisfação com si mesmo. Qualquer um que tenta fazer os outros se sentirem mal, em uma tentativa de se sentir bem, nunca vai sentir a verdadeira felicidade, enquanto eles fazem isso. Sem mencionar que, no caso de um grande homem como o Mickey Avalon, você só irá torná-lo mais forte, porque ele tem uma real auto-confiança, algo que não pode ser falsificado. E vocês que vaiaram deram-lhe a chance de demonstrar que ele tem essa qualidade admirável. A propósito, os Chili Peppers foram vaiados em aberturas de shows tempos atrás, como muitos dos grandes de todos os tempos. Permanecer diante daquela merda é parte de ficar mais forte quando alguém sabe que eles são bons, e isto é apenas tornar o mundo maior para se agarrar. Neste sentido agradeço a vocês por vaiarem, porque vocês tem servido como ponto de partida para um performer forte tornar-se ainda mais forte.

E eu também percebo que aqueles de vocês que vaiaram provavelmente já foram jogados pra baixo consistentemente por seus pais, seus professores, seus chefes, seus irmãos mais velhos, as crianças mais velhas, etc. Eu sei que essa merda é frustrante e que provavelmente se sente bem pôr pra fora em quem tem a confiança que você gostaria de ter. Mas a verdade é que estamos todos aqui juntos. Um de nós está aqui porque todos nós estamos aqui. Se você não respeitar os sentimentos das outras pessoas, você não pode esperar que os outros respeitem os seus. Enquanto tenta humilhar alguém que está se abrindo para você, você nunca vai ter a coragem de realmente se abrir para os outros.

Eu sabia que havia uma chance de que Mickey seria vaiado por aqueles que se ressentem do que não é familiar, e eu também sabia que ele é de caráter forte o suficiente para enfrentá-lo, e fazer sua performance tão bem como ele faz em um clube em Los Angeles, onde as pessoas absolutamente o amam e adoram. Há muito pouco que eu admiro mais do que habilidade, que na noite passada, ele mostrou claramente ter. Um forte senso de si mesmo é o que todos nós queremos, e temos que respeitar aqueles que o tem. Se gostamos o que eles estão fazendo é fora de questão. Se vejo um performer que eu acho que é terrível, meu coração sangra por eles. O pensamento de tentar humilhá-los é impensável.

Estou muito grato por poder compartilhar a música que vem através de mim e minha banda com cada pessoa que freqüenta nossos shows. Significa muito para mim. Mas quando vejo que alguns membros do meu público desfrutam em ferir o outro, devo falar e dizer o que sinto que é certo. Se você estiver usando a arena que todos nós alugamos em conjunto para tentar ferir os sentimentos de um homem, eu devo usar o microfone para transmitir aquilo que não é porque nós estamos ali reunidos.

Obrigado a todos vocês, inclusive vocês que vaiaram, e eu sinceramente espero que você tenham aprendido algo com a experiência. Espero que algum dia vocês que vaiaram consigam o princípio da verdadeira confiança, através da qual você não obtém prazer em humilhar os outros, e pode então ter a coragem de se abrir ao mundo e ser você mesmo desavergonhadamente.

O que compartilhamos com a música é uma celebração das possibilidades infinitas que o universo tem para oferecer. Eu amo todos os que partilham esta celebração com a gente. Eu recomendo que você use a experiência para inspirá-lo a ser você mesmo, e deixar tudo para fora. Que porra você acha que é tão legal quanto Flea e Anthony em primeiro lugar? Ou Jimi Hendrix ou David Bowie? Ou Little Richard? Eles acenaram sua bandeira freak alto! Todos nós devemos seguir seu exemplo! Tenha respeito por aqueles que o fazem (sejam eles famosos ou não) e você irá desenvolver a coragem de fazer isso sozinho. Cada um de vocês é uma estrela. Está apenas escondida dentro de alguns de vocês. Aquela parte de você vai sair se você tratar os outros como você gostaria de ser tratado, e quando você não consegue encontrá-lo em si mesmo para fazer isso, você acabou de deixar os outros sozinhos.

Todos vocês para quem nós tocamos tem me dado tanto e eu escrevo isto na esperança de que eu possa dar uma ajuda a alguns de vocês (que eram claramente a minoria), onde mostrou-se claramente a necessidade de ajuda. Se as pessoas tentam te empurrar para baixo, não se conforme com as suas besteiras. Levante-se, com coragem. Faça-as ameaçá-lo com a morte antes mesmo de considerar a recuar. Seja como você quer ser. Fodam-se elas. Então você vai desenvolver o caráter interior em que você sempre apoia aqueles que têm a coragem de ser si mesmos abertamente, para que saiba que você e eles estão no mesmo time. Estamos realmente todos no mesmo time, mas alguns de nós parecem saber disso e outros não. Graças especialmente à maioria de vocês, que abriu o MA. Eu sei que ele é diferente. Sempre leva um segundo para que possamos compreender as coisas que são desconhecidas.

Muito amor para todos vocês. É o que tudo isto representa.

Amor,
John Frusciante


P.S. Eu sei que eu não te conheço pessoalmente e não poderia saber se você só compra e ouve o que você é forçado a engolir. Eu estava tão louco noite passada, quando Flea mencionou que o MA recebeu algumas vaias, que minhas palavras foram conduzidas por minhas emoções, e eu não estou habituado a falar verbalmente a grandes multidões. Escrevi esta carta para fazer a minha posição clara. Obrigado por me ouvir."




Tradução: Débora

Nenhum comentário:

Postar um comentário