30 de julho de 2018

Dave Navarro conta uma história incrível de amizade com Frusciante


Les Paul dada a Dave Navarro.
Nos últimos dias, Dave Navarro vem trazendo algumas histórias do seu relacionamento com o Red Hot Chili Peppers e com John Frusciante por meio da nova ferramenta de perguntas do Instagram. Dessa vez, Navarro foi indagado se ele e Frusciante já haviam conversado sobre o álbum One Hot Minute - Navarro respondeu que não, mas que havia uma "doce história" relacionada a Frusciante sobre uma Les Paul preta no seu último podcast Dark Matter aos 47:35.


E Dave Navarro não estava de brincadeira, ele contou uma incrível história de amizade com John Frusciante e que traz uma nova visão sobre essa relação.

Você me disse uma vez que o Frusciante te deu uma guitarra?!
Foi sim!
Onde ela está?
Eu deveria pendurá-la na parede.Qual a história dessa guitarra?
Ok! É uma história muito boa! Eu espero que ele não se importe que eu a conte.Ok, então… anos atrás, quando eu estava no Red Hot Chili Peppers – na época eu estava na banda já há alguns anos...
Talvez cinco anos?
Uhum, quatro ou cinco anos. E John tinha saído da banda e estava na reabilitação. Eu não penso que seja um segredo...
Isso é bem conhecido...
Sim, é bem conhecido, eu mesmo também lutei com esse problema… enfim, ele estava na mesma clínica que eu tinha frequentado. Ele ligou pra mim e falou "E aí cara, estou preso aqui, você poderia me trazer uma guitarra? Eu não tenho nada pra tocar aqui", e eu disse “Sem problemas”. Eu tinha uma guitarra Les Paul sunburst, que eu tinha por que eu estava pensando em entrar no Gun's ‘n Roses na época.
Uau.
É, eu tinha essa guitarra...
No final da década de 90?
Em algum momento por aí. Mas eu não achei que era o momento, eu estava viciado em drogas. Mas eu comprei essa Les Paul, e disse "Sim cara, eu te empresto essa Les Paul, vou levar pra você". Então eu levei ela até onde ele estava, na clínica. Nós ficamos conversando por um tempo, e nunca mais a vi. Eu penso que ele tenha saído da clínica e… quem sabe o que pode ter acontecido, né?Enfim, a vida continua, eu saí dos Chili Peppers, não sabia onde estava o John, ninguém sabia. Eu acho que o Arik... quem me substituiu...?
Sim, você está certo. Arik foi logo em seguida.
John me substituiu logo em seguida ou Arik Marshall entrou?
Arik Marshall entrou. Na turnê.
Não, acho que Arik foi antes de mim.
Não, acho que não.
Bem, enfim. 
No final da história: uns 10 anos depois, John me liga e fala “E aí cara, posso ir na sua casa?” e eu disse “Claro. Sim, pode vir” e dei meu endereço. Ele chegou aqui, bateu na porta, e ele tinha um case de guitarra. Eu pensei “Bem, não é incomum um guitarrista trazer uma guitarra para a casa de outro guitarrista”. Então ele abriu o case e era uma Les Paul preta, e falou: "Eu quero dar isso a você, porque anos atrás você me deu uma Les Paul e eu vendi e comprei drogas com a grana, e eu quero acertar as contas".
Eu fiquei sem acreditar! E aí nós sentamos e conversamos por algumas horas, e foi um momento muito legal. Aquela Les Paul preta, está em minha casa, e vai ser pendurada na minha parede.
Isso é muito legal.
Isso é ótimo. Eu amo ela. Eu amo o fato dele querer acertar as coisas com aquilo. De uma forma estranha, a Les Paul preta que ele me devolveu agora é mais especial pra mim do que a primeira, todos esses anos depois.
Absolutamente.
Tradução: Adam Viana
Revisão: Pedro Tavares 


A parte inicial dessa história já tinha sido exposta por Chad Smith no livro An Oral/Visual History - porém, com um desfecho diferente.
"[Em 1997,] Eu não sabia que Anthony tinha visitado John no hospital, nem nada do tipo. Ele disse que John estava indo muito bem na reabilitação. Da ultima vez que eu tinha ouvido falar, eles não estavam falando um com o outro e Anthony disse: "Não, não. Nós passamos por cima disso". E estava surpreso. Haviam se passado 6 anos. Eu não sabia se John conseguia tocar ou se estava tocando guitarra. Eu lembrava dele totalmente estava enferrujado para tocar. Eu acho que Dave Navarro deu uma guitarra para John. Talvez quando ele estava no hospital e eu sei que John a devolveu pra ele. Uma Les Paul ou algo assim. Mesmo John sendo uma grande fã do Jane's Addiction, ele se recusou a escutar qualquer coisa do One Hot Minute. Ele disse que era como se alguém estivesse trasando com sua ex-namorada. Nós não fizemos nada disso. John não fez parte do disco e sequer o ouviu."
Fonte: An Oral/Visual History - Red Hot Chili Peppers with Brendan Mullen
Tradução: Lucas Carvalho

Informativo:

Cabe a JFeffects informar que a Les Paul dada a Dave Navarro não é a Gibson Les Paul Custom de 1969 (na imagem ao lado) usada por John Frusciante a partir de 2004 - com destaque em "Fortune Faded" e "Readymade" na turnê de Stadium Arcadium.

Nenhum comentário:

Postar um comentário