15 de janeiro de 2017

Dave Mail 8: Houve alguma proposta para você continuar com Klinghoffer?


Houve alguma proposta para você continuar nos Red Hot Chili Peppers junto a Josh Klinghoffer?

Dave Lee: "Na verdade, sim. Durante o tempo em que o John estava decidindo se iria ficar, Flea e eu começamos o negócio do "Fleabass". Eu tinha decidido que esse negócio era a direção em que minha vida estava seguindo, e comecei a dispensar outras ofertas de turnês para me concentrar no Fleabass. Foi durante essa época que John anunciou que iria sair, e que o Josh entraria. Mas como eu disse, eu estava no negócio do baixo, então eu estava muito ocupado com aquilo para entrar em turnê como técnico do Josh. Então, logo que a banda estava se preparando para gravar o "I'm With You", Flea decidiu fechar a empresa (uma decisão que eu não concordava, mas entendo completamente). Então, eles decidiram que não iriam precisar de um técnico de guitarra no estúdio, que o Josh conseguia se virar sozinho. Me disseram que meus serviços não seriam necessários até a turnê (possivelmente em 6 meses a um ano). Eu tenho que admitir, eu fiquei magoado. Então eu precisava encontrar uma turnê. Em algum momento, apareceu o Maroon 5. Quando os Peppers estavam prontos para voltar ao trabalho, eu estava no meio da turnê do Maroon 5. Eu estava me divertindo muito, e já que o M5 apareceu quando eu realmente precisava, eu achei que deveria ficar. Foi a decisão certa. Mas eu devo dizer, eu amo o Josh, e mantenho contato com ele."

Pergunta por:
- Vinicius Furlan - Rio de Janiero, RJ - Brasil

Confira nossa entrevista com Dave Lee: Português | English

Um comentário:

  1. Aí sai o I'm With You, em que quase nao da pra ouvir a guitarra do Josh na maioria das músicas.
    Será que com o Dave isso teria sido diferente?

    ResponderExcluir