19 de fevereiro de 2018

Strat '62 e o desapreço pelo presente da Fender


Esta história foi contada por Dave Lee, ex-técnico de guitarra de John Frusciante, no 100° Dave Mail em 14 de julho de 2017.





"Essa Strat [de 1962] era a que mais trabalhava. E sim. Eu consideraria ela como a principal. Quando o John voltou, a história do Anthony comprando essa guitarra e um amp é verdadeira. Tudo que eu sei é que, nos primeiros shows que fizemos com John de volta à banda foi antes do Californication ser gravado. E ele só tinha essa única guitarra. A Fender nos deu uma nova Strat champagne para usar como substituta. Mas John se recusou a tocá-la. Eu ofereci deixá-la parecer mais velha. Então eu a desmontei. E joguei fluído de isqueiro por cima do corpo. Então ateei fogo nela no beco atrás do SIR Studios em Hollywood.




Na verdade ela ficou com uma aparência muito legal, mas ainda assim ele não quis tocá-la. Então nesses poucos shows antes do Californication quando ele precisava que eu afinasse a guitarra, ele me dava a Strat, e após eu afinar eu entregava ela de volta. Flea disse que esses momentos no show ele "causava uma distração" para o público, enquanto eu afinava a guitarra do John. Uma vez eu lembro que a "distração" era o Flea fazendo uma dancinha com Clara que na época tinha uns 6 anos. Um sistema estranho, mas funcionava. Essa Strat queimada estava pendurada no home studio do Flea em Malibu da última vez que a vi."



Dave Mail
Confira nossa entrevista com Dave Lee: Português | English

Nenhum comentário:

Postar um comentário