25 de maio de 2019

Como o REM salvou a vida de John Frusciante - Meados de 2003


"A música do REM significa muito para mim, especialmente na época antes de voltar para a banda, quando eu era um viciado em droga por algum tempo e gradualmente todos os meus amigos desapareceram, eu basicamente não tinha amigos. E quando eu ouvia a sua música eu me sentia como se tivesse um amigo. Para mim eu sempre estarei em débito com eles por me proporcionarem aquela sensação. Eu penso que naquele momento eu estava tão perto de morrer a qualquer momento, eu estava perdendo contato com o mundo, naquele ponto que parecia não haver mais lugar para mim no mundo; eu não achava que o mundo me queria, não parecia que eu tinha qualquer razão para estar aqui, parecia que eu ia morrer muito rápido, e a principal razão disso é que as pessoas não gostavam mais de ficar perto de mim e eu não gostava de ficar perto das pessoas. Mas quando eu ouvia a sua música eu sentia como se tivesse um amigo ali, e é algo que minha imaginação me concedeu. Eu sou muito grato a eles. A música deles é muito amigável e eu os amo muito ."
John Frusciante fala sobre suas bandas favoritas - Meados de 2003



Tradução: Eloá Otrenti - Frusciante Brazil

Nenhum comentário:

Postar um comentário