10 de novembro de 2016

Seguindo pela estrada - An Oral/Visual History


 Quando o John chegou e disse "Eu acho que quero fazer outra coisa agora", eu realmente me senti transbordado por uma onda de gratidão pelos anos e meses e dias e horas da criação colaborativa que eu tive com John - uma vida inteira que ele passou na banda. Normalmente se alguém vai sair, como o Flea as vezes sente vontade, eu digo, "Ei filho da mãe, não saia, estamos fazendo algo que é bom." Mas quando o John quis sair eu pensei "Como eu vou lutar contra isso?" Eu nem sinto vontade de lutar - é o que ele quer, Deus o abençoe. EU TENHO SORTE DE TER TIDO UMA EXPERIÊNCIA CRIATIVA TÃO CARIDOSA COM OUTRO SER HUMANO, E ISSO É ALGO A QUE EU DOU O MAIOR VALOR.

 Esse cara, e eu, Flea e Chad, quando nos reunimos, essa química é simplesmente insana e produtiva, e a coisa mais perfeita que eu já fiz como artista. Eu quero deixar claro que não houve um sentimento amargo ou algo tipo "Por que esse cara está decidindo fazer outra coisa". Realmente é uma grande sensação de agradecimento por termos feito todas as canções que fizemos.

Fonte: An Oral/Visual History - Red Hot Chili Peppers with Brendan Mullen (página 232)
Tradução: Pedro Tavares

Nenhum comentário:

Postar um comentário